Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

61 017 artigos · 202 678 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
O cara que deu a maior surra de glande nos romanos

Hermann (em inglês Herman e em português de Portugal Hermano Henning) foi um chefe tribal germânico que esfregou a piroca na cara dos romanos, os quais estavam no auge de sua expansão e queriam também um pedaço da Germânia.

Obviamente que os romanos não aceitariam essa derrota, e começaram a chamar o mítico Hermann de Armínio, para fazer uma relação com o bichinho branquinho, fofinho e peludinho que habita a região gelada da Europa, só pra descontar a frustração.

Felizmente este Armínio não tem relação com o ex-ministro da fazenda, Armínio Fraga, o cabeça de pica lisa pois o Armínio economista tem um espelho brilhante no topo do corpo, enquanto o Armínio bárbaro era cabeludão metaleiro.

Este guerreiro que colocou os romanos de joelhos é o pai dos vikings e de todos aqueles grupelhos germânicos que atacaram os romanos posteriormente, tais como os godos e os francos.

Hermann nasceu na fronteira da Dinamarca com a Alemanha, no meio dum matagal denso, e era filho do antigo chefe dos queruscos, uma tribo germânica menos conhecida. Quando há uma representação dele em algum filme, seriado ou outro local, só referem-se a ele como um germânico; querusco não é um nome intimidador para um povo germânico.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: