Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

60 277 artigos · 201 034 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque

Cquote1.svg Eu discordo desse artigo Cquote2.svg
Edílson Capetinha

Um dia normal em Os Donos da Bola.

Os Donos do Corinthians é um programa da Band que deveria ser esportivo, mas que só fala de futebol mesmo. Ou mais especificamente, do Corinthians, digassi di passagi garotinho. É apresentado pelo Crack Neto, e tem comentários de Velloso Cabelo de Boneca, Rogério Cabeça de Pinto, Dirceu Maravilha e Fernandinho Fernandes. Antigamente Edílson Capetinha Jogadô também discordava comentava, mas por ser excessivamente discordante, ele foi substituído por Souza.

O programa é o segundo favorito dos pedreiros que estão em horário de almoço, perdendo apenas para o Jogo Aberto, que apela para a velha estratégia da apresentadora gostosa para chamar público. Começando na sequência deste programa e aproveitando a audiência alavancada, Os Donos da Bola consegue manter os espectadores, pois apesar de não passar nenhuma informação que presta, Neto e seus parceiros divertem os seus espectadores falando um monte de merda e gerando um caminhão de memes.

Como é o próprio Neto quem escolhe os assuntos que serão debatidos, 80% do tempo é dedicado para discutir sobre o Corinthians, sua dívida e seus pés de rato com salários milionários, 10% do tempo é dedicado para o Neto ficar fazendo politicagem ao vivo e divagando sobre assuntos aleatórios (que nem o Casagrande) e o 10% do tempo restante serve para falar sobre o Palmeiras e o São Paulo. O único time que nunca nem é mencionado é o Santos, já que com esse ninguém se importa mesmo.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: